BATATAS....!

As batatas fazem sono!
Engordam! Sim quando ricamente acompanhadas... molhos e frituras claro.
Como ninguém consegue sobreviver isolado do mundo, nem estes tubérculos, aqui ficam batatas com companhia.

Descascam-se e cortam-se as batatas em lâminas de 3/4mm.
Num tabuleiro ou pyrex de ir ao forno, previamente untado com margarina, esfrega-se alho cortado, ou polvilha-se com um pouco de alho seco partido fino, atenção que este é muito mais intenso.
Colocam-se as batatas por toda a superfície em diversas camadas, deita-se leite até as tapar acrescenta-se natas e polvilha-se com queijo Emmental ou Gruyere, um pouco de tomilho, sal e pimenta moída na hora, levo ao forno moderado ou até microondas, até ficarem as batatas cozinhadas e o creme de leite com consistência.
Como é cozinhado em leite tem tendência a sair do recipiente, escolher um adequado, para não ter de limpar muito!
Às vezes é necessário acrescentar mais leite, ou secar mais, depende da dureza e do carácter das batatas! Afinal também tem direito a ter personalidade conforme a época do ano.

Estas foram-me ensinadas pelo chefe Joaquim Figueiredo, do velhinho restaurante “Café da Lapa” que dirigia com a Silvina, sua irmã. Já não estão em Portugal, regressaram a França.
Saudades dos pratos surpresa que nos impunha!
Experimentar era quase obrigatório, a confiança adquirida assim o permitia, porque no fim da refeição sentava-se á nossa mesa e partilhava a magia dos seus sabores e questionava-me muitas vezes o que achava, (me-myself)apenas tinha o palato apurado e conseguia decifrar algumas das composições gastronómicas que ele compunha, onde entravam os olhos, aromas e sabores.

Porque até o mais singelo alimento pode ser um rei na mesa, depende da quantidade de atenção que lhe dedicamos! Até parecem seres humanos...
by me.

9 comentários:

Lança em África disse...

Hoje fiz gratinadas no forno, para acompanhar o rodovalho. Com leite, natas e duas variedades de queijo. Temperadas com noz-moscada, pimenta e flor de sal. Cozinhei previamente no “bico” para as amaciar.

A © diz que deviam ter ficado com “mais” molho. :)

© disse...

pois deviam! estavam boas mas precisavam de mais molho. e quem as cortou às rodelas, fininhas...? um doce para quem adivinhar.

Lança em África disse...

Os molhos engordam! LOL

Cortaste-te, foi?! ;D

morfose disse...

As natas não ficam todas "blhurgh" no forno?

Tenho de experimentar. :-)

me.lx disse...

LA (los angeles to)hihi...isso assim parece cozinha do chefe, com os auxiliares,

Ci.bi, se olvidou de las patatas!!
-o doce já deixei.. ;)

morfose, transforma-se num creme, com o amido das batata...faz-se devagar, só isso..enjoy

© disse...

lança eu posso comer molhos! não sou gorda.... :p nop, não me cortei, mas as unhas....

me, me olvidei de las patatas...? hummm, o doce..., vai ser amanhã com requeijão :) depois digo coisas...

Lança em África disse...

morfose,
Ficam óptimas, acredita! ;)

me@ZOM,
A cozinha dos CHEFES! ;D

©,
As unhas ficaram lindas na mesma, pah!!! :D

Sobre os molhos, é mesmo para continuares assim, “marguinha”... ;)

me.lx disse...

ci.bi...o chef é que se olvidou de las patatas...

LA chef :D ...então as frutas do peixe?

Lança em África disse...

Eu não "me olvidei de la nada"!

LOL

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin