Casa de Santar . Branco Reserva 2007

Mais um vinho branco a reter...

Geralmente associa-se o gosto feminino em relação aos vinhos brancos, preferencialmente muito aromáticos, frutados e leves.

Ao contrário da regra eu gosto deles elaborados com corpo e boca persistente, em jeito de um bom tinto.
Este é um bom exemplo do que falo, porque o meu gosto é assim!

Diz o rótulo:
...Cor amarelo cítrico e aroma com toque de minerais que lhe conferem sofisticação. Na boca é cremoso, com notas tostadas, derivada da fermentação em barricas de carvalho francês que não se sobrepõem à fruta...

Acompanhou uns lombos de robalo passados por manteiga na frigideira e não se intimidou nada.

Tchim Tchimm
by me. 6221

2 comentários:

João disse...

Muito bom. Já o provei. Não me lembro com que o acompanhei, mas sei que o referi.
Eu, pelo contrário, prefiro-os (aos brancos) com toques femininos (regra geral), embora tb goste de brancos como se de tintos de tratassem (nessa linha gosto do conde D'Ervideira e do Dona Ermelinda Freitas)

me. disse...

Também me agradam essas boas escolhas ;)

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin