Molho de Tomate

Aqui vai a minha "tomatina" básica para alguns dos pratos que faço,.
A imagem sugere um deles esparguete com molho de tomate!

As qualidades deste legume são imensas... já cá estão no ZOM

Na minha receita caseira e para cerca de 1/2 litro de molho, utilizo:

. 3 tomates médios maduros . 1 cebola média . 1 dente de alho grande . orégão-folhas secas 1 colher de café rasa . um pé de salsa . azeite para confeccionar . 1 colher sopa rasa de margarina . pimenta moída na hora . sal

Começo por pelar o tomate, introduzindo-o em água bem quente o que faz estalar a pele de imediato e ser facilmente retirada.

Corto o tomate em cubos pequenos, eu deixo as grainhas não me incomodam fica ao critério de cada um.
Pico a cebola e o alho a mais fino possível.
Preparo a salsa que irei colocar mais tarde, lavando e retirando apenas as folhas.

Depois dos vegetais cortados coloco sobre o fundo do tacho o azeite e a margarina, aqueço ligeiramente e introduzo a cebola e o alho, em lume brando amaciando-a lentamente, quando a cebola estiver já um pouco transparente adiciono a polpa do tomate os orégãos o sal e deixo cozinhar até reduzir ao ponto de molho espesso.
Ao preparado anterior acrescento as folhas de salsa cortadas.
(não devem ser picadas sobre tábua, mas sim feito um rolinho pequeno como o migar da couve para o caldo verde e cortar com a tesoura de cozinha, assim não se perdem os óleos e o sabor, alguém algures mo ensinou!).

Como cá por casa a pequenada não gosta de sentir a cebola em pedacinhos, passo a varinha mágica para tornar em puré, sem ser demasiado triturado é bom que mantenha alguma textura. (para quem tiver tempo e ou paciência é mesmo por pass-vite que deve ser feito)
Se por acaso acharem que ainda está muito pouco consistente depois desta operação, volta ao tacho e deixa-se secar e apurar mais um pouco em lume mesmo brando, para não colar.

No final rectifico o sal e acrescento a pimenta moída.
E já está uma base...para o que vier a seguir.

Eu guardo por dois dias máximo no frio ou congelo e reutilizo mais tarde. Quando há sobras!!!
by me.

5 comentários:

Lança disse...

Faço muitas vezes! Gosto muito!

Uso para muitas coisas mas faço de propósito e não guardo! (ao contrário de outras coisas)

Mas tenho de fazer uma pequena observação! As grainhas acidificam o molho e por isso NUNCA uso! Não uso igualmente as partes "brancas", daí usar mai tomates que tu! ;)

me.lx disse...

...eu compenso o ácido com pitada de açúcar, se me parecer demasiado! pode ser chef! eheh ;)

Lança disse...

AH AH AH!!!

Gosto de "criar" açúcar a partir dos próprios alimentos... ;)

Um dia digo como faço!

me.lx disse...

já estou à espera... :)

Lança disse...

Fazendo evaporar os líquidos que compõe os vegetais, são criados açucares que podem depois ser utilizados na confecção de vários pratos. É mais ou menos como evaporar a água do mar... ;)

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin